Carregando...

Os Mutantes: à frente dos festivais perpetuando Tropicalismo

A icônica banda de rock and roll brasileiro Os Mutantes faz parte da história dos grandes festivais de música desde os embriões nos anos 60. Após convite para acompanhar Gilberto Gil durante a execução de Domingo no Parque no III Festival de Música Popular Brasileira da TV Record de 1967 e a participação no visceral álbum Tropicalia ou Panis et Circensis, a trupe de Sergio Dias nunca deixou de encabeçar os grandes festivais.   

Ter a oportunidade de ver o trabalho desse guitarrista-mago é um convite a viajar no tempo, é fazer parte do universo mais expressivo da música popular brasileira, ao lado da bossa nova, o Tropicalismo. O movimento, que chega ao jubileu de 50 anos em 2017, foi absolutamente transformador nas raízes culturais, artísticas e, principalmente, musicais do Brasil. Ao lado de grandes artistas, Os Mutantes foram responsáveis por não deixar a atmosfera criativa e inovadora morrer ao longo dos anos, trazendo sua importância e aura às suas grandes apresentações ao redor do globo e também no Brasil.

Apenas para citar alguns exemplos mais recentes internacionais, a banda esteve no Fun Fun Fest Fest, Solid Fest e Austion Psych Fest, todos nos Estados Unidos, em 2010 e 2013, o gigante Glastonbury da Inglaterra em 2010, Marvin Fest no México em 2015 e em 2016, nos festival de valorização da cultura sulamericana En Orbita (Chile) e Festival Frontera (Londres).

Ainda que seu líder resida nos Estados Unidos, Os Mutantes não deixam a pátria amada de lado em suas turnês. Além de brindar os conterrâneos paulistanos nas Viradas Culturais de 2012 e 2008, em 2010 participou do SWU em Paulínia e recentemente, em 2017, foi um dos headliners do festival Bananada em Goiânia, e uma série de apresentações solo nacionais e internacionais.  

Em 2017, Os Mutantes serão os grandes headliners do Três Olhos Music Festival (#3OMF), em São Paulo, e já são atração confirmada no Morrostock de Santa Maria/RS.

 

Texto por: Paula Luz

Fotos: Facebook Os Mutantes

 

 

 

 

 

 

 

Voltar ao blog